Ela, Ele e o Felipe

11 06 2012

– Quem é Felipe?
– Que Felipe?
– Foi o que eu perguntei.
– Não entendi sua pergunta.
– Citei o nome de uma pessoa e perguntei a procedência dela.
– Por que isso agora?
– Curiosidade.
– De novo: que Felipe?
– Eu conheço todos os seus amigos.
– Sim.
– Você me apresentou pra todos eles.
– Sim.
– E esse Felipe?
– Que Felipe, homem de Deus?
– Esse que curtiu sua foto no facebook.
– Ah, o Felipe.
– É. Esse Felipe.
– Por que esse tom de voz?
– Porque eu não sei quem ele é.
– E daí?
– Por que tem homem curtindo foto sua no facebook que eu não conheço?
– Por que esse ciúme? Você nunca foi assim.
– Nunca fui assim porque sempre conheci todo mundo.
– Que bonitinho.
– O que?
– Você com ciúme.
– Que bom que meus acessos de insegurança emocional servem de entretenimento.
– Amor, tem biscate curtindo foto sua e eu nunca reclamei.
– É diferente, você também conhece todas as biscates. Se fosse alguma biscate nova, você não ia gostar.
– Então você admite que tem amiga biscate.
– …
– Pois é.
– Você ainda não respondeu a pergunta.
– Você tá ficando chato.
– Responde a pergunta que eu volto a ser lindo e espirituoso. Senão, vai se preparando. Vou beirar o insuportável. Vou reclamar no facebook. Vou dar dislike na foto.
– Não tem botão de dislike.
– Eu tenho. É um aplicativo.
– Me passa depois?
– Passo. Agora responde. Vai.
– Vai aonde?
– NÃO DÁ RISADA.
– E se for um ex namorado?
– Não é, você só tem três, e eu sei quem são.
– Você sabe tudo de todos os meus relacionamentos.
– Sei. Você me contou.
– E dos meus casos?
– Oi?
– Das minhas fodas de um dia só.
– AHN?
– Você ouviu.
– Você disse fodas.
– Disse.
– No plural.
– Sim.
– Mais de uma.
– Sim.
– Oh, God.
– Parabéns pela descoberta de que a futura mãe dos seus filhos ou filhas já fez sexo casual mais de uma vez.
– OH. GOD.
– Se acalma.
-…
– Respira.
-…
– Pronto?
-… não.
– É tão absurdo assim?
– Não…
– Então por que o choque?
-…
-…
– Porque… eu sou… um idiota?
– Bem por aí.
– Dá pra gente esquecer que isso aconteceu?
– Dá, mas primeiro eu quero saber se você entende que não tem necessidade de fazer esse tipo de cena porque você não é meu dono, não manda em mim, e que precisa confiar em mim como eu confio em você.
– Eu confio em você.
– Qual o problema então?
– Eusoubabacaetenhomedodeperderovocêpraalguémmelhorqueeu.
– Oi? Não ouvi, fala mais alto.
– OUVIU SIM, EU NÃO VOU REPETIR.
– Não precisa ter medo, tá?
– Tá.
– Tá tudo bem então?
– Tá.
-…
-… agora me diz quem é o Felipe.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: