Ela & Ele no motel

12 08 2010

– Eu disse que era uma boa idéia uma escapadinha à tarde.
– É, vou ter que dar o braço a torcer dessa vez. Só que se eu voltar atrasada, minha chefe me mata.
– Mata nada, sua chefe é adepta da boa putaria. Lembra o último almoço lá no seu escritório? As coisas que ela e o marido falavam em alto e bom som? Até meu vô ficaria envergonhado, e o velho trabalhou em cais.
– De qualquer forma, a gente tem que ir. A pior parte agora é ir atrás das roupas…
– Pior parte nada, é quase um show à parte!
– Eu não acho minha calcinha.
– É, eu tô percebendo…
– Dá pra sair dessa cama e me ajudar a procurar? É sério. Não acho.
– Tá, tá… saia ali, blusa tá aqui, enroscou no meu pé, foi mal.
– Meus sapatos… meus sapatos na banheira, graças que tá vazia.
– Ó, seu sutiã ali no canto.
– Sim, mas nada da calcinha.
– Vai trabalhar sem, oras.
– Não dá pra ir pro trabalho sem calcinha!
– Lógico que dá. Eu nunca uso.
– HA HA HA, piada engraçadíssima.
– De qualquer forma, eu não me importaria em mandar um sms perguntando o que você está vestindo e receber de volta um dizendo que tá sem calcinha.
– E em outras circunstâncias eu ia adorar a brincadeira, mas hoje não. Que saco, aonde foi parar?
– Do tamanho que é, não vai achar nunca. Não rola passar em casa e pegar outra? Joga minhas meias aí pra mim. Tão em cima aí do baú dos infernos.
– Pega aí. Era só o que me faltava. Não quero largar minha calcinha aqui! Vai saber quem vai pegar nela e fazer sei lá o quê!
– Teoricamente, você não deveria se importar, já que não vai saber o que vai acontecer nunca. Embaixo da cama não tá. Posso saber por quê tá rindo?
– Desculpa, amor, mas você, assim, de meias, camisa e com o troço balançando, tá, assim… ai, desculpa, parei de rir, pronto, parei, parei.
– Pega minha calça aí na cadeira. E eu nem vou te responder nessa, porque tenho amor ao troço que tenho no meio das pernas.
– Não fica assim, amor, é um troço mais do que respeitável.
– Minha cueca.
– Oi?
– Não acho minha cueca.
– Vai trabalhar sem? Sensação de liberdade e tal. Tô começando a considerar ir sem a calcinha mesmo, a saia é comprida.
– Você não tá entendendo. Eu NÃO posso ir trabalhar sem cueca.
– Sua calça é jeans, ninguém vai nem perceber, e depois, só tem gente esquisita naquela escola mesmo.
– Você não tá entendendo! Já viu a calça? Já imaginou o que vai acontecer com meu pinto se eu passar o resto do dia com essa calça sem algum tipo de proteção na frente?
– Ih… fodeu.
– Fodeu é uma palavra que vai ser banida do meu dicionário se não achar essa cueca! Porque nunca mais o bicho vai funcionar!
– AH, NÃO! TRATA DE ACHAR ESSA CUECA olha, minha calcinha. Tava no colchão. Amor, quer ir com a minha calcinha? Tá, parei de rir, eu sei que é sério.
– Puta que pariu… bem que minha mãe falava pra sempre ter uma cueca a mais no carro.
– Achei que sua mãe sempre falava de ter papel higiênico no carro.
– É a santíssima trindade do motorista prevenido: extintor, papel higiênico e cueca. CADÊ ESSA PORCARIA?
– Ahn… olha pra cima.
– Pra que? Duvido que Deus vá se dar ao trabalho de achar minha cueca só pra que eu não interrompa p sagrado dever de crescer e multiplicar.
– Nesse caso já interrompeu, camisinha mandou oi. Sério, olha pra cima.
– Ai.
– É. Ai.
– Como infernos minha cueca foi parar no lustre?
– Sei lá, eu joguei em qualquer canto na hora!
– Caramba… que mira. Como a gente tira isso daí agora? Não, nem pensa em fica pulando na cama, o teto é alto, nem vai adiantar.
– E se chamar, sei lá, algum funcionário e pedir uma vassoura?
– Sim, claro, eu sem cueca chamo um funcionário e peço um cabo de vassoura pra tirar minha cueca do teto.
– Tá… humilhação pública descartada. Tá, eu tive uma idéia, mas tem que ser você, que é mais alto.
– Tenho medo de perguntar.
– Ó… no baú dos infernos ali… tem um vibrador, CALMA, DEIXA EU TERMINAR!, você pega o vibrador, se estica e tenta bater no lustre com ele, pra ver se a cueca cai.
– Você tá de brincadeira.
– Não. Aqui. NOSSA, QUANTA COISA, aqui, pega esse, parece ser o maior que tem.
– Eu não acredito que vou ficar pulando meio pelado numa cama de motel batendo um vibrador no lustre pra fazer cair minha cueca.
– Juro que não vou olhar. Vai.
– Tá… difícil, PORRA, não, tá tudo bem, é que eu quase caí. Deus me livre morrer de traumatismo craniano no chão do motel segurando um vibrador cor de rosa tamanho… que tamanho tem esse troço, aliás??? Isso não é normal!
– Sei lá… não tem marcado em algum lugar?
– Não… porra, isso parece um taco… se botar pra vibrar, a mulher vira batedeira de bolo.
– Dá pra se concentrar na sua cueca?
– Dá licença que quem tá passando vergonha na frente da esposa sou eu?
– Faz assim… tenta jogar essas coisas aqui, uma delas pode acabar fazendo a cueca cair.
– Tá… olha, ben-wa… você podia comprar umas dessas, né? Parece que na Tailândia elas conseguem até apagar cigarro.
– Eu li que conseguem cortar coisas também, então dá pra parar de analisar os brinquedos e jogar logo as bolinhas de vagina no lustre?
– Tá… uma, não deu… as da cordinha… não me olha assim, eu não tenho a sua mira.
– NÃO PRECISAVA TACAR EM MIM TAMBÉM! Tó. Vê se isso aqui faz cair, parece mais pesado.
– Ahn… que que é isso?
– Faço nem idéia, mas sinceramente, considerando peso e formato, tenho medo de saber. Vai, joga.
– Merda… não foi. Escuta, você sabe que a gente vai ter que pagar por ter usado as coisas do baú, né?
– Sei, mas pensa na experiência, quantas pessoas você conhece que podem se dar ao luxo de jogar brinquedos sexuais no lustre?
– Isso é pra ser um lado positivo? Eu nem entendi a frase! Medida desesperada agora.
– NÃO VAI TACAR O… e não é que funcionou?
– RÁ, sabia que vibradores podiam ter mais de uma função!
– É, esse tem três: orgasmo, batedeira de bolo e tirador de cuecas do lustre. Vai, termina de se vestir.
– Sim, sim, pronto… e a bagunça?
– Deixa, né? Motel tem staff pra isso… putz. Olha pra cima.
– Que foi dessa vez? AH, SÓ PODE SER BRINCADEIRA QUE O VIBRADOR TÁ NO LUSTRE!

Anúncios

Ações

Information

3 responses

12 08 2010
giu

USHAUSHAUSHAUSHAUSHAUSH
RACHEI COM ESSE, MAHH! -q

13 08 2010
Naty

Ok, esse é meu preferido agora q

4 09 2010
Pups

Batedora de bolo, imagine o recheio QQ HAUSHAUSHUAHSUAHAUHAUS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: